Estratégias simples para desenvolver uma habilidade mental e vencer a procrastinação para os treinos

Tempo de leitura: 3 minutos

venca-o-gigante

Mais do que algo necessário para a conquista de uma boa forma e de um corpo saudável, a prática

esportiva também pode ser extremamente prazerosa, principalmente se o esporte de escolha for

algo que você realmente goste de fazer.

Porém, apesar da série de benefícios para o corpo e para a mente que a prática esportiva traz para

cada um, ele enfrenta um grande obstáculo presente em praticamente todas as pessoas: a

procrastinação.

Isso porque na hora de se vestir e sair para treinar, muitas vezes a preguiça fala mais alto e a

procrastinação pega todo mundo de jeito, fazendo com que os treinos sejam adiados até que sejam

esquecidos. Quer prova maior da procrastinação do que os planos de academia que as pessoas

pagam o ano inteiro e vão apenas um mês ou até mesmo uma semana?

E é exatamente pensando em tudo isso que nós trouxemos aqui uma série de dicas que nada mais

são do que estratégias mentais para desenvolver a capacidade do seu cérebro de sempre vencer a

procrastinação, tudo para que você não perca mais os treinos por conta da preguiça.

É sim possível combater a procrastinação

A primeira coisa a se fazer para mandar para longe a procrastinação e não perder mais treinos por

conta da preguiça de levantar de onde se está e de sempre adiar a prática esportiva e começar a

trabalhar mentalmente a sua atitude.

Para isso, todos os dias trabalhe pensando nos pontos positivos que a prática vai te trazer, ao invés

de focalizar nos negativos do esporte e nos positivos de ficar na cama.

Faça isso todos os dias na hora que deveria sair para treinar que aos poucos você vai ver que este

pensamento vai se converter em atitudes, ou seja, em determinado momento, você e seu corpo vão

se dar conta das vantagens de se fazer exercícios e não mais vão querer procrastinar deixando de ir

fazer o que precisa fazer.

Outro ponto bastante interessante é saber trabalhar o próprio corpo e a própria mente para

diminuir os efeitos da dor que o exercício causa em nosso corpo e que acaba por ser um fator

bastante estimulante para a procrastinação.

Para isso é importante que você tenha consciência dos seus limites e também da sua resistência, de

maneira a sempre trabalhar para que o esporte tenha efeitos positivos no seu corpo, ao invés de

negativos. Concentrar no seu objetivo também é uma ótima forma de trabalhar contra a dor.

Por fim, uma dica para deixar a procrastinação de lado é trabalhar com figuras motivacionais. Pregue

perto de você uma série de imagens de pessoas ou de elementos que representem o seu objetivo

com o esporte.

Isso porque ao olhar para elas todos os dias você vai ter uma motivação extra para se levantar e ir

treinar, já que as imagens vão frequentemente lembrar você de maneira visual do seu objetivo, algo

que o seu cérebro deixa de fazer durante a tão comum procrastinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *