5 dicas nutricionais para aumentar a sua recuperação pós corrida, você não pode ignorar a 4

Tempo de leitura: 3 minutos

A corrida é uma das práticas esportivas que mais estão na moda no momento. Isso porque, além de poder ser realizada em qualquer lugar e ser uma prática muito prazerosa com a possibilidade de explorar locais diferentes e fazer novas amizades com os grupos que se reúnem para correr, por exemplo, ela também tem uma alta capacidade de tornear o corpo de maneira rápida, o que a torna a atividade ideal para quem deseja emagrecer.

Porém, é preciso sempre lembrar que a corrida é uma atividade de alto impacto, o que significa que é preciso ter alguns cuidados não só para não se machucar durante a prática, mas também para ter uma boa recuperação depois dos seus períodos de treino. E é exatamente pensando nisso que nós reunimos aqui uma pequena lista com cinco dicas que vão ajudar você a aumentar e melhorar a sua recuperação pós corrida, tudo para que o seu desempenho na prática seja cada vez melhor.

#1 Combine nutrientes Durante a corrida o seu corpo sofre quebras na musculatura, que só vai conseguir se recuperar por meio de uma boa alimentação. Exatamente por isso, o período pós corrida é um dos mais importantes para reunir em um prato o que o seu corpo precisa. O ideal é que haja uma combinação de carboidratos, para reserva energética, de proteínas, que vão reparar os músculos, e também de gorduras, que ajudam na produção de hormônios e de energia para as células.

#2 Não esqueça da água A hidratação é extremamente importante para o corpo de um corredor. Isso porque, ao suar durante a corrida, você perde uma determinada quantidade de líquido que deve ser reposta logo após a prática por meio do consumo de água para corridas de até 60 minutos e de isotônicos para corridas maiores. Caso não haja a reposição de líquidos correta, você vai ficar com o seu desempenho bastante prejudicado.

#3 Aposte no café A cafeína funciona como um ótimo suplemento esportivo para os atletas por conta de uma série de benefícios que é capaz de oferecer ao corpo, ela pode ajudar a mobilizar as reservas de gordura, permitindo que o organismo use gordura como fonte primária de combustível, isso permite que o corpo preserve o glicogênio, que é uma fonte de combustível adicional para o organismo armazenado nos músculos e do fígado. Também é uma boa opção para depois da corrida, por ser uma ótima aliada do processo de recuperação muscular. O ideal é que a ingestão do café no pós corrida seja combinada com a ingestão de carboidratos, o que vai aumentar consideravelmente o nível de glicogênio na musculatura.

#4 O sono é importante Diversos estudos já mostraram que um bom sono é o melhor e o principal aliado para um bom processo de recuperação muscular, isso porque é durante este período que o corpo tem o seu pico de produção do hormônio responsável por este processo, o GH. A falta de sono, mais do que apenas fazer com que você perca rendimento, vai poder causar sérios problemas físicos.

#5 Tire um dia de descanso Se você não tem um monitoramento das sua intensidades de treino através de um planejamento mais técnico, com auxilio de recursos tecnológicos, é importante você ouvir o seu corpo, dias de treinos duros geram altos níveis de estresse , descanse para manter o seu corpo saudável e também para que este se recupere, além de fazer com que o cortisol, hormônio responsável pelo estresse, se mantenha em níveis baixos do seu corpo. Se você não gosta de ficar parado, o seu dia de descanso pode ser usado para a realização de práticas esportivas diferentes e de baixo impacto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *